No dia 17 de Outubro de 2018, a delegação do ISRI

À luz do Memorando de Entendimento entre o Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) do Ministério das Relações Exteriores de Angola e o Instituto dos Negócios Estrangeiros e Comércio da Hungria, assinado em Fevereiro de 2018, em Luanda, uma delegação da Parte Angolana efectuou uma visita de trabalho à Hungria.

No dia 17 de Outubro de 2018, a delegação do ISRI chefiada pelo Dr. Matias João Pires, Director Adjunto daquela Instituição manteve um Encontro de Trabalho com o Dr. Márton Ugrósdy, Director do Instituto dos Negócios Estrangeiros e Comércio da Hungria.

As delegações debruçaram-se sobre as respectivas experiências de gestão das suas Instituições dedicadas à pesquisa de relações internacionais, bem como diversos temas relacionados aos eventos actuais da agenda internacional, como o Brexit, as relações entre a União Europeia e Rússia, a política energética, relações entre a Alemanha e Hungria, e finalmente a guerra na Síria.

Após o almoço de trabalho, o Dr. Amaral da Silva Lala, Professor Assistente do ISRI, dissertou na Palestra entitulada “O papel de Angola na prevenção, resolução e manutenção da paz em África”. O Professor Lala falou sobre os aspectos históricos do papel de Angola nos desafios de hoje e seu interesse em disseminar a cultura da paz. Enfatizou as conquistas de Angola com relação à implementação da paz a nível regional. O Professor mencionou acções concretas, como o trabalho no âmbito do sistema de certificação do processo de Kimberley, a organização de eleições e a promoção de diálogos, que ajudam os países vizinhos na conquista da estabilidade sociopolítica. Destacou que as prioridades do  Presidente angolano João Lourenço são, além da preservação da paz, a diversidade económica, o desenvolvimento do país e o combate à corrupção. Respondendo as perguntas da audiência, o Professor defendeu a posição de Angola em minimizar conflito na República Centro-Africana e na República Democrática do Congo, sublinhando que, a grande prioridade continua a ser a manutenção da paz no continente africano. Referiu-se igualmente ao tema dos refugiados, no qual Angola tenta encontrar o equilíbrio perfeito entre solidariedade e segurança.

 

Seleccione lingua: pt hu en


Eventos

2019.05.07
CELEBRAÇÃO DO DIA DA LÍNGUA PORTUGUESA E DA CULTURA DA CPLP
CELEBRAÇÃO DO DIA DA LÍNGUA PORTUGUESA E DA CULTURA DA CPLP
CELEBRAÇÃO DO DIA DA LÍNGUA PORTUGUESA E DA CULTURA DA CPLP
mais
2019.05.03
DIA DA AFRICA 2019
DIA DA AFRICA 2019
DIA DA AFRICA 2019
mais
2019.04.13
DIA DA PAZ 2019
DIA DA PAZ 2019
DIA DA PAZ 2019
mais

Boletim Informativo